"Atal, derivado de Atalaia que significa Torre ou lugar de vigia em situação elevada e Buh, meu apelido. Então Atal da Buh é meu lugar de vigilância, local onde estou e desabafo, meu refúgio de planejamentos e opiniões. Amém."

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

- Um sambinha ♪

Hoje, por ser o aniversário de um amigo muito querido, Guto, decidi postar um sambinha que tem uma longa história.
Encontrei o Guto em uma de minhas 'andanças' virtuais. Passando por Blogs, conheci o "Um conto, um canto". Logo após veio o Salada à Brasileira, meu filho adotivo, que se fico mais de dois dias sem vê-lo, já parte o coração. O Agostinho é o tipo de pessoa que te convence através de duas ou três palavras e que com seu carisma e humor ácido conquista qualquer pessoa. É daqueles que sabem o que quer, defende seus ideais, um amigo maravilhoso e admirável que mesmo distante nunca hesitou em ajudar quando precisei. Tem a característica hilária de fazer trocadilhos e 'sambinhas' como ninguém.
Em uma de nossas conversas(ele estava viajando para a Zoropa, se não me engano) e num momento mega deprê pelo qual eu estava passando, ele tentando me animar acabamos compondo esse samba.
Tá um desastre, mas eu sei que ele vai me perdoar por postá-lo aqui.

Fui embora, muito longe
Pois você não me queria
Já nem sei mais o que faço,
troco a noite pelo dia


Eu mudei de fuso horário
onde vc nunca estava
mas sabia que teu almoço
era quando eu jantava....


Mas preciso é saber
Quantas voltas o mundo dá
Pois se ele é redondo
Prá vc eu vou voltar


É correndo para longe
veja só como é que faz
dando a volta no mundo
logo tô correndo atrás...


Pensando em você
Fiquei desesperada
compus esse samba
ficou uma cagada


Mas preciso é saber
Quantas voltas o mundo dá
Pois se ele é redondo
Prá vc eu vou voltar


É correndo para longe
veja só como é que faz
dando a volta no mundo
logo tô correndo atrás...


"Quando penso em você
Perco toda alegria
Sinto uma coisa mexendo
corro... É desinteria"


"Meu coração por ti gela
Meus sentimentos por ti são.
Se pudesse amá-la-ia
Mas como não posso, a mala fica"




Sai prá lá defunto ruim
Não coma de minha panela
Vagabundo e safado,
Com vc não gasto vela..


 Cachorro, safado
não quero mais te ver
Quer saber o que eu quero?
Que vc vá se f****

A Imaginação, super fértil! Hahaha.
Parabéns meu querido amigo.
Que Deus te proteja.
Beijos a todos.
Fiquem bem.

1 comentário(s):

Marisa Mattos disse...

A vida desta mulher está por um fio.Se mandarmos mensagens aos governantes iranianos,talvez consigamos salvá..la:

http://maparecidama.blogspot.com/2010/11/envie-uma-mensagemtente-salvar-sakineh.html

Postar um comentário

Oi!
Fico muito Grata com a sua visita e seu comentário! Volte sempre e que Deus te proteja. =*

©2011 Todos os Direitos Reservados ao Blog Atal da Buh Por Bruna Matos
Blog Widget by LinkWithin