"Atal, derivado de Atalaia que significa Torre ou lugar de vigia em situação elevada e Buh, meu apelido. Então Atal da Buh é meu lugar de vigilância, local onde estou e desabafo, meu refúgio de planejamentos e opiniões. Amém."

sábado, 31 de outubro de 2009

Coisas de Mulher:

COISAS QUE SÓ UMA MULHER CONSEGUE:

1 - Fingir naturalidade durante um exame ginecológico.
2 - Usar o poder de uma calça jeans para rediagramar a estrutura do corpo.
3 - Ter crise conjugal, crise existencial, crise de identidade e crise de nervos!
4 - Ser mãe solteira, mãe casada, mãe separada, mãe do marido.
5 - Lavar a calcinha no chuveiro. E depois pendurá-la na torneira,para horror do sexo masculino.
6 - Rasgar a meia na entrada da festa.
7 - Sentir-se pronta para conquistar o mundo, quando está usando um batom novo!
8 - Chorar no banheiro, e ficar se olhando no espelho para ver qual melhor ângulo.
9 - Achar que o seu relacionamento acabou, e depois descobrir que era tudo tensão pré-menstrual. (Esta é perfeita!!!!)
10 - Nunca saber se é para dividir a conta, ou se é para ficar meiguinha.
11 - Dizer não, para ele insistir bastante, e aí ter que dizer sim!

SÓ AS MULHERES ENTENDEM:

1 - Por que é bom ter cinco pares de sapatos pretos.
2 - A diferença entre creme, marfim, e bege claro.
3 - Achar o homem ideal é difícil, mas achar um bom cabeleireiro é praticamente impossível.

E O TÓPICO NÚMERO UM QUE SÓ AS MULHERES ENTENDEM:

1 - As outras mulheres!


ORAÇÃO DAS MULHERES:

'Querido Deus,

Até agora o meu dia foi bom:
não fiz fofoca,
não perdi a paciência,
não fui gananciosa, sarcástica, rabugenta,
chata e nem irônica.
Controlei minha TPM,
não reclamei,
não praguejei,
não gritei,
nem tive ataques de ciúmes.
Não comi chocolate.
Também não fiz débitos em meu cartão de crédito (nem do meu marido) e nem dei cheques pré-datados.
Mas peço a sua proteção, Senhor, pois estou para levantar da cama a qualquer momento...
Amém!"


Hahaha, Obrigada Ghi. Amei! =*

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Pra sempre!

Hoje, inspirada no blog Casa de Oração, vim dedicar minha postagem a uma Pessoa muita importante em minha vida.
Vim aqui dizer-lhe que O amo muito. Que Você é com certeza, a maior dádiva de minha vida.
Quero pedir desculpas pelos momentos em que Você quis me ajudar e me recusei, mas mesmo assim Você sempre esteve lá.
Obrigada pelos momentos de alegria. Pelos consolos, pelas lágrimas que permitiu que eu derramasse em Teus ombros. Obrigada pelo conforto de Tuas mãos.
Perdão pelas vezes que errei, mesmo querendo. E pelos erros dos quais insisto em cometer.
Criticam-me por Lhe tratar como um amigo. Pra mim, Você realmente O é.
Agradeço também pelas maravilhas que me destes e peço perdão por eu, por diversas vezes, deixá-las passar despercebidas.
Obrigada por ter se dedicado a mim, por ter me acolhido, por me amparar, por está sempre por perto.
Eu Te Adoro, meu Senhor e Meu Rei.
Obrigada pelas glórias em minha vida. E também pelas derrotas pois graças a elas sou o que sou hoje.
Obrigada por livrar-me de maus caminhos, por apresentar-me pessoas tão maravilhosas, bons amigos que conquistei ao longo da minha vida.
Obrigada meu Senhor. E permita que jamais eu perca a minha fé em Ti.

"Meu Senhor e Meu Deus, eu creio mas aumentai a minha fé."


A todos um ótimo fim de semana e um forte abraço.


Buh

domingo, 25 de outubro de 2009

Greve do curso de enfermagem - UFMA 2009

Hoje estou aqui pra desabafar. É desabafar, pois não agüento mais...
É uma vergonha a situação em que nós, acadêmicos do curso de enfermagem do campus II da UFMA, nos encontramos e devido a isso resolvemos paralisar nossas aulas, aliás, aulas-fantasmas. A paralisação iniciou no último dia 13 e seria até o dia 19/10, data em que o reitor apareceria na UFMA. E claro, ele não apareceu. Somos rotulados de “rebeldes sem causas”. Por que mostramos nossos problemas na mídia e o atual gestor aparece na mesma mídia dizendo que não há motivos para reclamarmos. Agora vejam só:
Minha turma, o 3º período, não iniciou a paralisação no dia 13/10. Iniciamos desde agosto, mas não por que queríamos que fosse assim, fomos obrigados a isso. Estamos sem professores desde agosto. Imaginem só já estamos em novembro praticamente e já foi um semestre todo perdido.
E o pior é que isso não vem de hoje ou de um ano. Desde 2007 estamos nessa mesma situação. Aliás, as coisas só estão piorando.
Vejam só o que encontrei pesquisando no Google:

“As condições no curso de enfermagem são as piores qualitativamente, chegando, por exemplo, o curso a não começar o semestre em decorrência da ausência de docentes, bem como laboratórios entre outras necessidades indispensáveis para o funcionamento do mesmo. Foi exatamente entre estes alunos que surgiu a idéia inicial de procurar respostas aos problemas vivenciados em seu dia-a-dia. Depois de algumas paralisações das aulas em protesto e discussões sobre os problemas da Universidade, a diretoria do campus UFMA II, Sr. Jeferson compareceu à Faculdade para explicar o que estava acontecendo. Até aquele momento, tudo estava relativamente calmo. Ele disse naquela oportunidade QUE ENFERMAGEM É O ÚNICO CURSO QUE REALMENTE ESTÁ SEM CONDIÇÕES DE CONTINUAR FUNCIONANDO, POIS ESTÃO FALTANDO PROFESSORES E LABORATÓRIO PARA AS AULAS PRÁTICAS, TENDO ASSIM, O DIREITO DE FAZER REIVINDICAÇÕES.”

O que me dá mais raiva é justamente isso. Ele sabe o que deve ser feito e não fez nada! E todo ano é gente ingressando na UFMA e nada se resolve, só acumula problema. Sinceramente se eu soubesse que estava assim eu não teria perdido meu tempo fazendo vestibular pra lá. Só queremos conversar Senhor Reitor. Aqui ninguém vai lhe bater. Aparece...
E tem mais:

“Na ultima segunda feira, dia 11, os alunos receberam a tardia visita do deputado Flavio Dino que chegou por volta das 00:00h no campus. Todos, então, juntaram-se em uma sala para conversar. O Sr. Reitor Natalino Salgado falou com os alunos ATRAVÉS DO VIVA-VOZ DO CELULAR DO DEPUTADO. Por várias vezes ele pediu compreensão. A ligação cai e os estudantes se irritam com as palavras do Reitor e exigem sua a presença no campus II, não aceitando representantes.”

domingo, 18 de outubro de 2009

(( Na Aula de Matemática - Prof . Chico Nery ))

Quando olhas pra mim...
Os números racionais ficam irracionais.
Os reais, imaginários
E os complexos ficam perplexos.

Quando olhas pra mim...
O triângulo fica móvel.
O círculo, quadrado
E o quadrado fica reverso.

Quando olhas pra mim...
Os conjuntos ficam sem elementos.
Os subconjuntos, maiores que os conjuntos
E o Vazio desaparece.

Quando olhas pra mim...
Os múltiplos ficam primos.
os primos, irmãos
E todos os números ficam divisíveis.

Quando olhas pra mim...
Os múltiplos ficam negativos.
As equações, sem raízes
E as funções ficam sem domínio.

Quando olhas pra mim...
As derivadas ficam sem limite.
Os gráficos, sem inflexão
E as tangentes nem se tocam.

Quando olhas pra mim...
Os poliedros ficam sem faces.
O côncavo fica convexo
E o teorema de Euler fica sem nexo.

Quando olhas pra mim...
O sistema fica impossível
A matriz, redonda
E o determinante se anula.

Quando olhas pra mim...
O sinal fica sem som,
A aula,sem professor
E o aluno bate com o dedo no meu ombro :
- Mestre, a aula acabou.

sábado, 10 de outubro de 2009

O Antipirético

2009-09-28

Aula (UEMA/ Administração-noturna) muuuito interessante (nooossa ”interessantíssima” pensee!) de Instituições de Direito Público e Privado.
O maior tédio entediante que já vi, hehehe.
Minutos antes da aula Carlos diz: Se o Professor andar do mesmo modo que ele fala...
Buh diz: Noossa... Então ele não vem hoje! Kkkkkk
Bem, mais o objetivo não é retratar essa história. Eu, ansiosíssima para o término da aula e vi que ela não passava lembrei-me de um fato que ocorreu na sexta-feira e resolvi compartilhar com meus amigos. Então escrevi o primeiro bilhete do primeiro período do segundo semestre do meu segundo curso, lá vai:

“Carlos, Thaty e Max, sexta-feira de manhã assistindo a uma aula de Fisiologia. o prof. falou em um medicamento chamado ‘antipirético ’. Pergunta: Pra que serve o ‘antipirético’? ”

Possíveis respostas:

Carlos: Combater coceira (pira) ou combater loucura (piração).
Thaty: Combater pira.
Max: Combater pessoas piradas sem ética (Inspirado na aula de Filosofia... rs.)


Esse povo é criativo! Mas é claro que nenhuma dessas respostas é a certa:
É a mesma coisa que antitérmico, pra combater ou controlar a febre.
‘Antipirético ou antitérmico (também pode ser chamado de febrífugo e antifebril) é um medicamento que previne ou reduz a febre, diminuindo a temperatura corporal que está acima do normal.’ (Wikipédia)


Eu adorooooo esse pessoal. E com certeza essa é a primeira de muitas histórias da UEMA. =*

Minha Razão de Viver - Araketu

Acho essa música tão linda. Por isso resolvi colocar ela aqui no blog. Condiz com o momento. Beijo =*


Como eu digo ao meu coração?
Que você não volta mais não
Como eu posso me convencer?
Que o amor virou ilusão...

Se eu sobreviver mesmo assim
No dia seguinte do fim
E no seu lugar uma dor
Quem vai tomar conta de mim?...

E quem é que vai me abraçar?
Me pedindo pra não chorar
Quando a saudade bater?...

Entende que eu não vou conseguir
Por isso você pode partir
Só que eu também vou com você...

Mas se você me deixar
O mundo pode acabar
Eu não vou mais
Acreditar em ninguém
E nunca mais vou amar
Não quero me machucar
Pra dar amor a um coração
Que não tem...

Se você me deixar
Não quero sol nem luar
Pode levar minha razão de viver
Porque de tudo que eu quis
E me entregava feliz
Era o momento de amar com você
Amar com você...

Lembra dessa nossa paixão
Pensa quantas noites virão
Todas tão vazias sem mim
Tudo vai virar solidão...

Se eu sobreviver desta dor
triste de perder teu calor
No dia seguinte do fim
Nunca mais eu morro de amor...

Se você me deixar
O mundo pode acabar
Eu não vou mais
Acreditar em ninguém
E nunca mais vou amar
Não quero me machucar
Pra dar amor a um coração
Que não tem...

Se você me deixar
Não quero sol nem luar
Pode levar minha razão de viver
Porque de tudo que eu quis
E me entregava feliz
Era o momento de amar com você
Amar com você...

E quem é que vai me abraçar?
Me pedindo pra não chorar
Quando a saudade bater?...

Entende que eu não vou conseguir
Por isso você pode partir
Só que eu também vou com você...

Mas se você me deixar
O mundo pode acabar
Eu não vou mais
Acreditar em ninguém
E nunca mais vou amar
Não quero me machucar
Pra dar amor a um coração
Que não tem...

Se você me deixar
Não quero sol nem luar
Pode levar minha razão de viver
Porque de tudo que eu quis
E me entregava feliz
Era o momento de amar com você
Amar com você...

Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Amar com você!
Amar com você!...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Obrigada a todos os meus amigos pela força.
Nessas horas a gente sabe quem são os amigos de verdade! Principalmente a Nat, Jéxquinhaa e Ghi... Agostinho, valeu pela força tbm. Estava morrendo de saudades da minha Salada á Brasileira!
Graças a Deus estou melhor, quer dizer acostumando aos poucos...
Vou deixar aqui só uma figura pra quebrar o clima stressante e pesado que estava no blog, prometendo é claro voltar em breve com muitas estórias novas.
Vou visitar os blogs mais tarde... Correndo pra UEMA agora.
Beijos em todos =*


sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Um pedido de desculpas.

A todos os meus amigos e os leitores do blog, peço desculpas por não está escrevendo esses dias.
Estou muito, muito mas muito triste.
Minha cabeça nem está funcionando direito.
Peço perdão também por não responder os comentários, mas prometo que assim que puder irei fazê-lo carinhosamente.
Somando isso ao fato de, pela 24ª vez, um caminhão passar pela rua de casa e catar os fios da internet... Ficarei um tempo sem vir aqui. Mas prometo que não muito.
Só me recuperar um pouco.
E o que ma dá mais raiva é que, o que me deixa triste é o fato de que o que eu farei, vai ser pro meu bem, mesmo que me magoe muito.
Um abraço em todos,
Orem por mim.


Bruna Mª
©2011 Todos os Direitos Reservados ao Blog Atal da Buh Por Bruna Matos
Blog Widget by LinkWithin