"Atal, derivado de Atalaia que significa Torre ou lugar de vigia em situação elevada e Buh, meu apelido. Então Atal da Buh é meu lugar de vigilância, local onde estou e desabafo, meu refúgio de planejamentos e opiniões. Amém."

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Saudades

6 meses.
Para alguns muito tempo, para outros pouco, para mim : uma eternidade.
Durante todo esse tempo procurei palavras para descrever meus sentimentos naquela triste tarde de dezembro quando recebi a notícia. Parece até letra de música. Quem dera só fosse, mas não é.
Procurei associar imagens, lugares, pessoas, cores... Tudo cinza... Uma canção. Sim, lembro-me agora. Uma canção. No caminho para o cemitério, meu irmão dirigindo, eu no banco da frente ao lado dele óbvio e a canção tocando. Vento no Litoral, Legião Urbana... "E o vento vai levando tudo embooraa...". Não sei se realmente tocava ou era minha mente fazendo eu acreditar nisso enquanto via aquelas imagens felizes de todos os momentos que estávamos juntos. Acho que quando os autores dela fizeram-na estavam muito inspirados ou talvez tinham perdido alguém... Ou os dois.
Eu tento me lembrar de alguma coisa mas minha memória não ajuda. Só vejo lapsos: lágrimas, um ombro amigo quando não aguentei mais... Sim, esse lembro era o da Mara. Lembro que tinha carros, pessoas, flores, um odor muito forte de formol e... Ele. Frio, sem aquele lindo sorriso. Sem as brincadeiras. Sem o enxugar da testa acompanhado de um "isso me estressa"... Sem os conselhos "minha filha homem não presta" ou "Minha filha namore mas não dê por que homem não presta!". Minha tia desconsolada. Dizem que a pior perda é a dor de um filho: Vi isso perfeitamente no rosto da minha bisavó.
O Chardsonn chorando... Poxa aquilo doeu. E doeu muito. Nunca vi o Negão chorar. Aquele sorrisão todo tempo. E a Lene dizendo: "O 'Ciço' e o 'Nêgo' é só sorriso!"
Mas o que mais dói é a certeza de que não verei mais meu querido amigo, um pai, meu sorriso e conselheiro... Meu querido tio Cícero. Esse menino brincalhão e que ficará para sempre na nossa memória com esse sorrisão lindo!
"Eu te amo"

3 comentário(s):

Nahra disse...

eu lembro desse diaa.
Foi mto tristee.
mas ele ta la em cima olhando e protegendo vc!
bjos prima

tiaodefreitas disse...

Bruninha minha linda, quanta saudade desse menino grande, grande amigo brincalhão e ao mesmo tempo super responsavel< meu amigo CICERO.

carla disse...

Puro de Deus... Tú me matas...
Essa sua verdaeira declaração é emocionante.
Nós nunca vamos esquecê-lo.
Desde ontem, quando li, que não consgio parar de chorar....
A saudade é demais.
Beijos,
Tia Carlinha

Postar um comentário

Oi!
Fico muito Grata com a sua visita e seu comentário! Volte sempre e que Deus te proteja. =*

©2011 Todos os Direitos Reservados ao Blog Atal da Buh Por Bruna Matos
Blog Widget by LinkWithin